Gestão de processos

Como a TI influencia diretamente na escalabilidade das startups?

Escrito por Telium

Informação, mobilidade, adaptabilidade e uma cultura empreendedora: esses são os fatores que vêm alimentando o mercado cada vez mais consolidado das startups.

No centro dessa revolução de empreendedorismo está o profissional de TI. A tecnologia da informação é a chave para conceber e botar em prática uma boa ideia e conseguir provocar um crescimento empresarial constante.

Você está pronto para fornecer as ferramentas que uma startup precisa? Então, vamos te contar como a sua área é vital para o sucesso de um grande mercado competitivo!

Empreendedorismo, crescimento empresarial e as startups

Hoje, as empresas se preocupam em tornar seu ambiente corporativo em um fomentador de empreendedorismo, e esse é o berço da cultura das startups — empresas criadas a partir de um sonho e muita motivação.

O mercado profissional atual é um ecossistema bastante favorável a essas empreitadas. Nesse sentido, recursos disponíveis permitem a qualquer pessoa um acesso fácil à estrutura de que precisam para se erguerem.

Para atender a essa demanda e contribuir para o crescimento empresarial das startups, o profissional de TI precisa entender esse novo modelo de negócio e se posicionar de acordo com a importância da sua atividade para a viabilidade de um negócio.

A TI como pilar central das startups

Falamos sobre profissionais de TI porque são eles o coração das startups. Na grande maioria das vezes, elas são fundadas por um ou têm um especialista como sócio.

A tecnologia da informação é a base dessas empresas, já que ela viabiliza os três ingredientes principais de um negócio empreendedor:

Capacidade de inovação

Startups de sucesso criam novos nichos de mercado ou oferecem algum serviço diferenciado dentro de um existente. É impossível desenvolver uma ideia inovadora sem a participação de um profissional de TI que consiga traduzi-la para o mercado como produto ou serviço.

Capacidade de crescimento

Startups são, em sua natureza, empresas de crescimento exponencial por criarem sua própria demanda. A TI possibilita que esse crescimento seja sustentável, com recursos e ferramentas que permitam a escalabilidade do negócio.

Capacidade de adaptação

Outra característica única das startups é a capacidade de pivotagens e ajustes de estratégia rápidos para ficarem à frente das grandes empresas, que não possuem tanta flexibilidade de manobra.

A tecnologia da informação bem aplicada é imprescindível para permitir que esses movimentos sejam precisos e apontem a startup para a direção certa.

A influência da TI na escalabilidade de startups

Vamos falar um pouco mais sobre o crescimento das startups. Uma boa ideia e uma boa estratégia de nicho são importantes para que elas conquistem o mercado, mas a escalabilidade é imprescindível para que o negócio não morra por falta de estrutura.

Isso acontece com frequência, pois esse tipo de empresa pode ver um crescimento repentino de popularidade e demanda de serviço sem estar preparada para lidar com a nova realidade.

Por isso a importância do seu serviço para manter uma startup escalável. Esse é um resultado direto de boas práticas de TI, e alguns recursos são essenciais para alcançar esse objetivo:

Cloud computing

A computação na nuvem é praticamente uma obrigação para startups que planejam o crescimento constante de sua operação.

Existem alguns bons motivos para isso:

  • o uso de ambientes virtuais permite a flexibilidade da operação. O cloud computing permite que a equipe lide com 10, 100 ou 1000 clientes da mesma forma, trabalhando remotamente nos processos e lidando com a operação onde quer que esteja;

  • serviços de nuvem tiram o peso de manter equipamentos, softwares e servidores internamente. Esse é um dos principais viabilizadores das startups;

  • boas soluções de cloud computing são escaláveis em recursos e oferecem suporte completo para que a equipe da startup possa focar em operação e crescimento.

Colocation e servidores externos

A escalabilidade não pode estar apenas na operação de uma startup, mas deve estar também em seus recursos disponíveis. Sobretudo no início, a demanda e o faturamento dessas empresas são flutuantes, por isso é importante o suporte de um serviço que se adapte às necessidades.

Isso significa uma estrutura maior em meses bons e um preço menor em meses difíceis. A contratação de servidores externos é uma forma de ter sempre mais recursos à disposição e mais dinheiro em caixa.

Além disso, os servidores externos são uma solução de segurança, com rotinas de backups e redundâncias em um ponto do negócio que qualquer perda de dados pode significar o fim de um sonho.

Comunicação e atendimento

Além dos processos automatizados do cloud computing, é por meio da TI que uma startup se prepara para o aumento da demanda de comunicação e atendimento ao público.

Muitas vezes este é um gargalo das startups: poucas pessoas disponíveis para muitos clientes com dúvidas ou insatisfações.

Preparar a empresa para manter a qualidade do atendimento é uma estratégia que envolve desde a criação de funis de atendimento até a implementação de sistemas escaláveis de telefonia, como o PABX-IP.

Link dedicado

Mesmo que a startup consiga atingir um patamar suficiente para ter um escritório físico, o cloud computing continua sendo muito importante para a operação.

A contratação e gerenciamento adequado de um link dedicado pode ser o suporte que a empresa precisa para atender à demanda por operação, dados e acessos quando começar a crescer exponencialmente.

Sites, e-mail corporativo e mobile

Falando em dados e acessos, a grande maioria das startups surge em ambientes virtuais. São empresas que se aproveitam da disseminação dos aparelhos mobile e do uso da internet para entregar um serviço cômodo, prático e útil ao cliente.

Também vem de grande parte dessas startups uma dor constante do crescimento exponencial: a dificuldade em manter toda essa estrutura funcionando. Muitos acessos ou uma mailing list muito grande podem comprometer e minar a qualidade de um serviço.

A TI é responsável por fazer a preparação para o futuro — contratar serviços e criar mecanismos de produção que sejam adequados para hoje, mas que estejam prontos para o sucesso estrondoso do ano que vem.

O crescimento empresarial das startups começa pela tecnologia da informação e vai sempre depender dela, seja uma empresa de dois sócios apaixonados por uma ideia ou uma equipe de 1000 funcionários.

Portanto, se você quer se tornar indispensável para startups que estão prestes a estourar no mercado, foque em empreendedorismo e mire a escalabilidade. A sua capacidade como profissional de TI de inovar, crescer e se adaptar será vital para que o negócio dê certo.

E aí, gostou do artigo? Está pronto para alimentar seu perfil empreendedor e ajudar startups a atingirem novos patamares? Então compartilhe esse post nas redes sociais!

 

Sobre o autor

Telium

Deixar comentário.

Share This