Infraestrutura de TI

Como garantir a mobilidade em redes corporativas?

Escrito por Telium

Como a sua empresa lida hoje com a possibilidade de trabalho remoto? O uso de tecnologias apoiadas pela cloud computing permitiu o avanço rápido de novas formas de estruturar a produtividade, modelos que já estão se tornando essenciais para gerenciar um negócio competitivo.

E você, como responsável pela TI, sabe a importância da mobilidade em redes corporativas e como implementá-la da melhor maneira onde trabalha? Vamos te contar tudo o que você precisa saber sobre esse assunto!

A mobilidade em redes corporativas como necessidade

Se existe algo que todo profissional de TI já sabe e tenta convencer outros setores da empresa é de que a transformação digital está se tornando uma obrigação para a sobrevivência no mercado. A inclusão de tecnologia não está apenas na otimização de tarefas e automação de processos, mas na própria dinâmica produtiva de escalas e turnos de trabalho que terá que se atualizar para que um negócio continue competitivo.

Essa necessidade vem das vantagens atreladas à mobilidade no ambiente corporativo. Nós listamos os três pontos principais que tornam a solução tecnológica uma obrigação para o futuro:

Economia

Uma empresa móvel pode diminuir consideravelmente a sua estrutura física. Estamos falando de espaço de escritório para servidores, estações de trabalho e até para a ergonomia e bem-estar dos funcionários. Essa redução acontece também no gasto com transportes, tanto financeiro quanto de tempo.

Mas, principalmente, a mobilidade força a mudança de investimentos em estrutura para serviços de nuvem, como SaaS. Com a utilização de datacenters e softwares terceirizados em planos de assinatura, fica muito mais fácil controlar os gastos com tecnologia.

Produtividade

O trabalho remoto não só elimina o tempo gasto no trânsito como permite toda uma nova forma de produtividade, focada mais em metas do que em horas de trabalho. Funcionários ganham a chance de fazer horários mais flexíveis, que se adaptem à sua vida pessoal e até ao seu relógio biológico. Mais tempo, mais qualidade de vida e mais motivação formam uma fórmula infalível para uma pessoa ser mais produtiva.

Comunicação

Parece estranho pensar que a comunicação pode ser melhorada em redes corporativas móveis, mas é isso que empresas de todos os ramos vêm se dando conta nos últimos anos.

Ferramentas colaborativas permitem o contato em tempo real entre equipes de vários departamentos, além de históricos de discussões e decisões que influenciam no trabalho de todos. As reuniões são mais frequentes e focadas, as dúvidas podem ser respondidas imediatamente e a integração do sistema pode unir ainda mais toda a empresa.

Como garantir mobilidade na gestão e produção empresarial

Agora que você entendeu melhor as vantagens que a mobilidade pode trazer para a sua empresa, é hora de conhecer algumas dicas para aproveitar ao máximo a tecnologia, não apenas na parte operacional, mas também na integração de uma nova cultura de trabalho dentro da produtividade atual:

Crie um plano específico para o trabalho remoto

Implementar uma cultura de trabalho remoto não é uma tarefa simples se você deseja que ele realmente impacte na produtividade e economia da empresa. É preciso criar metas bem definidas de curto, médio e longo prazo para cada funcionário e departamento, mas sobretudo a TI é responsável por um sistema que gerencie essa produção. Sem esse tipo de controle, é impossível criar uma mobilidade sustentável.

Centralize a gestão de dados

Boa parte desse gerenciamento passa pela integração de dados em um sistema centralizador. É preciso que o gestor de TI tenha à sua disposição o controle de acesso remoto dos funcionários, um histórico de modificações de arquivos e comunicação, além de um sistema de monitoramento que identifique o uso inadequado de dados sensíveis.

Controle é uma palavra-chave para a mobilidade em redes corporativas, e essa moderação começa desde o planejamento da estrutura que vai suportá-la.

Aposte no BYOD

Com um sistema seguro e eficiente, fica ainda mais fácil otimizar a produção remota, por meio de tecnologias e metodologias que contribuam para economia de gastos e produtividade.

Um grande exemplo disso é o modelo BYOD, ou Bring Your Own Device. Nessa forma de trabalho, os funcionários utilizam seus próprios equipamentos pessoais para acessarem a rede da empresa e trabalharem.

Essa é uma forma de, ao mesmo tempo, motivar o funcionário que trabalha a partir de um ambiente familiar e uma economia para o negócio que não precisa mais investir tanto em equipamentos.

Aposte em IoT

A Internet das Coisas, ou IoT, é outra grande aliada da mobilidade corporativa. Dispositivos inteligentes podem automatizar o controle e monitoramento de uma estrutura física, equipamentos ou até o próprio sistema sem que seja necessária a presença física de um funcionário.

Esse tipo de tecnologia tira da TI o peso de lidar com rotinas repetitivas e todos os departamentos ganham mais tempo para lidar com questões estratégicas e decisões de negócio.

Invista em cloud computing

Todas essas dicas para implementação da mobilidade em redes corporativas partem do mesmo ponto tecnológico: a nuvem é fundamental se você deseja para a sua empresa uma TI mais estratégica e flexível.

A estrutura de um bom provedor de nuvem oferece não só a capacidade de computação elástica, mas também softwares de gestão, comunicação e colaboração com disponibilidade garantida e segurança. Sistemas ERP, por exemplo, são ótimas ferramentas para centralizar e integrar todas essas características sob o controle do gestor tecnológico.

A VPN como solução de segurança e mobilidade

Mesmo com todas as vantagens e a facilidade de implementação de trabalho remoto dentro das empresas, muitas questões sobre segurança ainda são bastante discutidas e geram muita resistência em setores de TI. Se esse é o seu caso, temos uma última dica para você.

Como a mobilidade empresarial envolve a interação entre muitos dispositivos, redes e aplicativos não monitorados, essa pode, sim, ser uma fonte de brechas de segurança. É por isso que as VPNs, Virtual Private Networks, são a melhor saída para equilibrar os riscos e oportunidades de uma cultura de trabalho remoto.

Portanto, se você já pensa nos benefícios da mobilidade em redes corporativas, mas ainda precisa se informar melhor sobre questões de segurança, venha ler agora este post com tudo sobre as VPNs e comece a planejar desde já uma nova era para a sua empresa!

 

Sobre o autor

Telium

Deixar comentário.

Share This