Gestão de processos

Data center e a indústria 4.0: por que essa é a relação do futuro?

Escrito por RockContent

 

Hoje, com a transformação digital, diversos setores da sociedade vêm se redefinindo para aproveitar todas as vantagens e potencialidades entregues pelas ferramentas tecnológicas. A indústria é uma dessas áreas.

Nesse sentido, o conceito de indústria 4.0 vem sendo muito difundido nos últimos tempos e o uso de novas tecnologias está associado a esse termo e o Data Center é um dos recursos demandados por essa nova realidade

Criamos este post para mostrar a realidade por trás desse novo modelo industrial e revelar o seu impacto direto sobre os hábitos e processos das empresas, além da sua relação com os Data Centers. Acompanhe!

Indústria 4.0

Você deve ter estudado sobre as revoluções industriais, em que determinadas tecnologias impulsionaram a indústria a um novo patamar produtivo.

Essas revoluções têm um impacto direto sobre a sociedade, ou seja, mesmo que você não esteja ligado à indústria de nenhuma forma, qualquer alteração nos meios de produção vai afetar você.

Atualmente, estamos vivendo mais uma revolução industrial, impulsionada pela transformação digital, novas tecnologias e popularização da internet. No entanto, esse processo atual é muito mais rápido que seus antecessores.

Hoje, o protagonista dessa nova revolução é a conexão e convergência de diversas tecnologias por meio da internet, a qual foi introduzida no ambiente industrial e adaptada aos equipamentos e máquinas da planta de produção.

A principal característica da indústria 4.0 é a fusão entre o real e virtual. Para isso, faz uso de sistemas de informação para possibilitar uma flexibilidade produtiva por meio de dados disponíveis a qualquer instante e tempo sobre todos os processos realizados.

Outro ponto relevante é a utilização cada vez mais comum de máquinas autônomas, robôs, para a produção, minimizando assim a necessidade de mão de obra para a produção de bens manufaturados.

A disponibilidade dessas máquinas inteligentes em conjunto com sistemas bem definidos minimiza a ocorrência de erros por falhas humanas e desperdícios, maximizando a produtividade.

Principais características

Existem algumas características comuns ao desenvolvimento da indústria 4.0. Podemos esperar que elas surjam com cada vez mais frequência nos próximos anos. Veja alguns exemplos:

  • operação em tempo real ─ adquirir e tratar dados de maneira instantânea, permitindo aos gestores tomar decisões estratégicas com base em informações atuais;

  • virtualização ─ utilização de simulações de produção na busca por falhas ou oportunidades de melhoria e sistemas de monitoramento;

  • descentralização ─ decisões poderão ser tomadas pelos próprios sistemas inteligentes de acordo com sua programação e o aprendizado com o dia a dia de trabalho.

  • orientação a serviços ─ uso de arquiteturas de software que utilizem a teoria de orientação a serviços;

  • modularidade ─ produção de acordo com a demanda recebida, acoplando ou desacoplando módulos produtivos de acordo com a necessidade do momento.

Impactos

A criação de novos modelos de negócio será um dos principais impactos trazidos pela indústria 4.0. O mercado está se tornando cada vez mais exigente e, diante desse cenário, as empresas têm de integrar as demandas de cada cliente ao seu produto.

Customizar de acordo com as preferências apontadas pelo consumidor é uma das variáveis que devem ser consideradas no processo de manufatura. As fábricas inteligentes terão a capacidade de personalizar cada item produzido de acordo com as especificações do cliente sem a necessidade de que um colaborador se dedique a isso.

Existirão impactos no campo do emprego e relações trabalhistas. Com o desenvolvimento de máquinas capazes de manter a produção de forma autônoma, os trabalhadores deverão se adaptar a uma nova realidade.

A saída apontada por especialistas é a busca por capacitação nas áreas de TI, interação máquina-máquina, manutenção e outros cargos necessários para manter a manufatura em funcionamento.

Data Centers

Os Data Centers são utilizados hoje basicamente nas atividades de TI, contudo, com a chegada da indústria 4.0, sua potencialidade poderá ser explorada também pelas novas fábricas inteligentes.

Essa tecnologia não ficará mais restrita apenas a esse setor, mas se tornará o centro da produção industrial. O Data Center poderá visualizar todas as aplicações utilizadas na indústria como um todo.

Isso ocorrerá porque todas as tecnologias e sistemas de produção inteligentes utilizados na nova indústria terão de ser alocados e gerenciados por meio de uma plataforma única de serviços, e é aí que entra o Data Center.

Entre as principais tecnologias que farão uso de suas potencialidades, considerados os pilares da indústria 4.0, estão:

Big Data

São grandes estruturas que comportam um volume massivo de dados gerados por todos os sistemas e máquinas inteligentes em utilização na indústria. Fornecem uma nova abordagem na captura, gerenciamento e análise de informações.

Aplicado no contexto de indústria 4.0, o Big Data deve auxiliar no gerenciamento de conectividade, cloud computing, customização e outros pontos relevantes para a eficiência de todo o sistema.

IoT

O conceito de IoT vem se tornando cada vez mais comum. Ele trata da utilização de conexão de rede em diversos objetos do dia a dia, como geladeiras, veículos, telefones e outros.

Aplicado à indústria, permite inserir uma série de sensores nas máquinas de produção que informam ao sistema central informações relevantes acerca dos processos realizados, possibilitando uma visualização completa da manufatura.

Segurança da informação

A evolução da tecnologia trouxe uma série de benefícios, mas também houve crescimento na fragilidade dos sistemas. As diversas conexões deixam brechas que podem ser utilizadas por cibercriminosos para praticar delitos e prejudicar empresas.

Com isso, um dos principais desafios da nova indústria é inserir uma série de novas tecnologias sem descuidar da segurança da informação. Será preciso investir em softwares de proteção para evitar falhas e prejuízos.

A indústria 4.0 já é uma realidade e cada vez mais as empresas buscam se modernizar para atender aos anseios de seus clientes e ganhar mais competitividade no mercado. O Data Center terá um papel fundamental para o sucesso dessa nova revolução industrial.

E agora, que tal saber como entrar nesse novo mundo digital e garantir o futuro de sua empresa nos tempos da indústria 4.0? A Telium Networks conta com diversos profissionais de know-how reconhecido para auxiliar nessa empreitada. Entre em contato conosco agora mesmo!

 

Sobre o autor

RockContent

Deixar comentário.

Share This