Gestão de processos

Metodologia ágil e sua relevância para a gestão de TI da empresa

Escrito por Telium

Você já pensou em adotar uma metodologia ágil na sua TI? Os frameworks voltados para velocidade e qualidade de entrega são hoje a solução mais popular para desenvolvimento de softwares e gestão tecnológica dentro de empresas.

Se você não conhece muito o tema ou quer mais informações antes de encontrar a metodologia perfeita para sua equipe, nós vamos te contar o que são metodologias ágeis, quais são as mais utilizadas e que benefícios elas trazem para você. Vamos começar?

O que é uma metodologia ágil

Desde que o desenvolvimento de softwares e outros projetos de TI se tornaram vitais na rotina de muitas empresas, a forma de lidar com planejamento e execução de processos vem se transformando para se adaptar às exigências do mercado.

Se antes as aplicações podiam levar mais tempo para ficar prontas em uma entrega de pacotes completos, hoje o trabalho de um gestor de TI é buscar sempre iteração, inovação e adição de novos recursos para satisfazer constantemente o cliente.

Esse movimento foi tão natural que, no início dos anos 2000, um grupo de especialistas se reuniu nos Estados Unidos para comparar e analisar se havia muitas semelhanças ou diferenças na forma como eles desenvolveram seus projetos de software separadamente.

O que eles perceberam nessa reunião foi que profissionais de TI já estavam se adaptando ao mercado de formas semelhantes, com metodologias que valorizavam mais os objetivos rápidos e flexíveis — já que métodos preditivos e reativos não garantiam mais a velocidade que eles precisavam para atender o cliente.

Dessa reunião surgiu o Manifesto Ágil, um documento em que eles condensaram suas técnicas em pontos-chave universais, que funcionam quando aplicados em qualquer metodologia escolhida para desenvolver softwares ou gerir projetos no departamento de TI.

Os pilares da metodologia ágil

Esses itens principais do manifesto ficaram conhecidos como os pilares da metodologia ágil. São termos abrangentes que, quando utilizados na sua rotina de desenvolvimento, podem aumentar a eficiência da equipe, velocidade e qualidade de entrega. São eles:

  • a interação e colaboração entre indivíduos é mais relevante para o resultado do que processos e ferramentas;

  • garantir o bom funcionamento do software ou alcançar a meta de um projeto tem mais prioridade do que uma documentação abrangente;

  • ouvir e colaborar com o cliente tem mais impacto no resultado final do que a negociação de contratos;

  • responder e se adaptar a mudanças e obstáculos é melhor do que se fixar em um plano predeterminado.

Esse manifesto não exclui processos de planejamento e documentação, nem é uma fórmula fechada. A metodologia ágil é uma filosofia que pode ser adaptada a inúmeros frameworks. Ela apenas resume o que profissionais de TI no mundo inteiro percebem com sua experiência no mercado atual: a colaboração, comunicação e capacidade de se adaptar rápido às demandas urgentes é a melhor forma de atender clientes exigentes com pouco tempo e muita qualidade.

As duas principais metodologias ágeis no mercado

Como dissemos, a ideia de desenvolvimento ágil é uma filosofia que vem sendo aplicada de diversas formas, em frameworks de metodologia que estruturam melhor esses pontos-chave. Conheça as duas mais utilizadas no mundo hoje:

Scrum

O Scrum talvez seja o framework de metodologia ágil mais seguido no mundo inteiro. A sua grande vantagem é ser um processo que não descreve o que deve ser feito em cada situação. Desde pequenos projetos até trabalhos muito complexos podem ser estruturados por ele, mesmo que seja impossível prever o que será demandado da equipe.

Nesse modelo, o projeto é quebrado em sprints de uma semana, no máximo um mês. São objetivos rápidos e prioritários quebrados em partes, por isso conseguem ser entregues mais rapidamente e com mais foco em cada demanda do cliente.

Esses sprints são elencados e detalhados em um backlog de produção e a ideia é que, a cada um deles que seja completado, uma nova funcionalidade, correção ou iteração seja feita no código. A metodologia é perfeita para desenvolvimento e também muito utilizada em DevOps no mundo todo.

Kanban

O sistema Kanban é mais framework de organização do projeto e pode, inclusive, ser utilizado em conjunto com o Scrum. Sua ideia é distribuir pequenas partes do projeto visualmente de forma que fique fácil identificar o que precisa ser feito e onde estão os gargalos mais problemáticos na gestão da TI.

O Kanban é simples: as tarefas (como os sprints no Scrum) são brevemente descritas em quadrados e divididas colunas — como post-its em um quadro branco. Cada tarefa feita é movida para a coluna seguinte e assim por diante até a entrega.

Ou seja, essa é uma metodologia mais visual e menos descritiva. Pela posição da maioria das tarefas, fica muito claro onde elas estão se acumulando e o que cada profissional precisa fazer de esforço próprio para melhorar o fluxo total do projeto.

Os benefícios da metodologia ágil na TI

Muitas das vantagens de desenvolvimento e gestão ágeis já ficam aparentes quando conhecemos mais sobre o que são e como são aplicadas. Mas, ainda assim, é possível reforçar os benefícios que tornam esses métodos tão populares:

Entregas rápidas

A maior vantagem da metodologia ágil é permitir que a equipe entregue seu trabalho com mais velocidade, partindo de objetivos curtos, dinâmica de trabalho acelerada e processos mais rápidos de validação.

Comunicação eficaz

Um dos pilares de frameworks como esses é priorizar a comunicação entre membros da equipe para aumentar a produtividade. Nesse caso, a tomada de decisões é descentralizada e cada profissional tem mais independência na forma de abordar e entregar o que é de sua função. Basta pegar uma tarefa prioritária, concluí-la e passar para a próxima.

Objetivos mais bem definidos

Voltando aos objetivos, a quebra de grandes projetos em pequenas metas torna toda a rotina de trabalho mais fácil de ser entendida. É outro ponto que beneficia a independência de membros da equipe, pois todos conseguem se encontrar no projeto — saber para onde estão indo e como seu trabalho reflete nos outros.

Motivação

Independência, visão clara de metas e entregas rápidas são a combinação perfeita para ter uma equipe mais motivada. A metodologia ágil dá uma dinâmica ao ambiente de trabalho que acostuma os profissionais a se comprometerem e serem mais produtivos sem precisar de incentivos extras.

Satisfação do cliente

Com uma equipe motivada, entrega rápida e de qualidade e uma comunicação mais livre, a consequência natural da adoção de uma metodologia ágil é o cliente mais satisfeito. O produto ou serviço que você entrega se mostra em constante evolução e as dúvidas e reclamações são ouvidas e endereçadas. É mais valor para a empresa com muito mais produtividade.

Portanto, se você quer adotar uma metodologia ágil, não tem o que esperar. É hora de reunir sua equipe, conversar sobre o assunto e encontrar o framework que mais se encaixe na natureza do negócio e no perfil dos profissionais.

Que tal começar, então, compartilhando este artigo nas suas redes sociais? Marque seus colegas de TI e inicie a troca de opiniões!

 

Sobre o autor

Telium

Deixar comentário.

Share This